top of page
  • amutambientetur

AMUT PARTICIPA DO 23° FÓRUM REGIONAL DE FORTALECIMENTO DA REDE DE PARCERIAS - ETAPA PARÁ



A Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém/Cuiabá e Região Oeste do Pará (AMUT), representada por seu vice-presidente o prefeito de Novo Progresso Gelson Dill e pela diretora administrativa e técnica Naira Mascarenhas, está participando nesta quarta-feira (27), do 23° Fórum Regional de Fortalecimento da Rede de Parcerias - Etapa Pará, no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia.





O Fórum que tem como objetivo integrar os atores envolvidos na cadeia de transferências e parcerias da União, ampliar a comunicação e o acesso à capacitação, à transparência, à integridade e à inovação, acontece pela primeira vez no estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), e pela Secretaria de Gestão e Inovação (Seges) do Ministério da Gestão e da Inovação (MGI), por meio da Diretoria de Transferências e Parcerias da União (DTPAR), o evento também contou com o apoio da FAMEP e demais associações e consórcios regionais.






A Rede de Parcerias busca desenvolver, por meio da governança colaborativa, ações voltadas à melhoria da gestão das parcerias que envolvem colaboração mútua e interesse público e recíproco (Decreto nº 11.271, de 5 de dezembro de 2022), e dos projetos de investimentos em infraestrutura registrados no Cadastro Integrado de Projetos de Investimento (Obrasgov.br), bem como, promover e estimular ações de capacitação, comunicação e transparência.



Presente no evento gestores e técnicos dos municípios associados, servidores e colaboradores de órgãos e entidades públicas e privadas, organizações da sociedade civil e demais autoridades.


Rede de Parcerias


Atualmente com 223 membros, a Rede de Parcerias desenvolve, por meio da governança colaborativa, ações voltadas à melhoria da gestão das parcerias que envolvem colaboração mútua e interesse público e recíproco (Decreto nº 11.271/2022), e dos projetos de investimentos em infraestrutura registrados no Obrasgov.br. A Rede surgiu em 2015, a partir da necessidade de se identificar oportunidades de melhoria na gestão das transferências discricionárias e de se propor medidas para aperfeiçoar os respectivos procedimentos e normatização, chamada à época de Rede Siconv, a rede de governança colaborativa do então Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv).


Por Dilce Maria Barros com informações da Agência Pará.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page