logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

SESPA DIVULGA ORIENTAÇÕES SANITÁRIAS PARA O DIA DE FINADOS

30 de outubro de 2020

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) publicou, nesta quinta-feira (29), uma nota técnica com orientações sanitárias para prevenção da Covid-19 durante as homenagens do Dia de Finados. O objetivo principal é evitar as aglomerações que contribuem decisivamente para a propagação do novo Coronavírus no estado.

Além de medidas gerais, o documento, elaborado pelo Departamento de Vigilância Sanitária (Visa), traz orientações específicas destinadas a cada público, situação e ambiente, tais como visitantes, trabalhadores dos cemitérios, vendedores ambulantes, instituições religiosas e Vigilâncias Sanitárias Municipais.

Entre as medidas gerais, o documento recomenda que os responsáveis pelos cemitérios estruturarem-se para abertura antecipada ao dia de finados e dias posteriores ao dia 2 de novembro para evitar aglomeração; exijam o uso obrigatório de máscara por todos os visitantes, trabalhadores dos cemitérios e dos vendedores de flores, velas e alimentos, afiram a temperatura dos visitantes e disponibilizem álcool a 70% tanto na entrada quanto em pontos estratégicos do cemitério; reservem o horário entre 6h e 9h para pessoas do grupo de risco; não realizem celebrações ou encontros nas capelas dos cemitérios; estabeleçam o prazo máximo de 45 minutos para visitação; não utilizem filtros de água ou bebedouros de uso coletivo; suspendam o consumo de alimentos e bebidas nos cemitérios, sobretudo nas áreas fechadas; mantenham sanitários providos de sabonete líquido, toalha descartável e lixeiras com tampa acionadas por pedal.

Segundo a diretora da Visa, Milvea Carneiro, as orientações estão baseadas no Decreto Estadual Nº 800, de 31 de maio de 2020 e nos protocolos sanitários estabelecidos no Retoma Pará, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ministério da Saúde  e que as  Vigilâncias Sanitárias Municipais precisam fiscalizar se há cumprimento das medidas contra aglomeração, e do distanciamento entre os trabalhadores e usuários; e se o cemitério cumpre as normas sobre higienização do espaço e orientação aos trabalhadores e usuários. “Os municípios poderão definir protocolos mais rígidos para o controle sanitário em seus territórios, caso sejam necessários”, afirmou.

Veja o documento: ORIENTAÇÕES SANITÁRIAS PARA O DIA DE FINADOS

Fonte: SESPA