logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

SELO UNICEF EDIÇÃO 2021-2024 PRAZO PARA OS MUNICÍPIOS FAZEREM ADESÃO VAI ATÉ 8 DE AGOSTO

6 de julho de 2021

O Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), convida 2.311 municípios da Amazônia Legal e do Semiárido brasileiros a aderir à edição 2021-2024 do Selo UNICEF, e assumir o compromisso de colocar os direitos de crianças e adolescentes como prioridade da gestão municipal. A adesão pode ser feita até 8 de agosto aqui: selounicef.org.br/adesao.

Nove instituições nacionais e regionais se unem ao UNICEF para que a infância e a adolescência sejam prioridade nas políticas públicas municipais, com a adesão à iniciativa, os municípios passam a ser acompanhados pelas equipes do UNICEF e de seus parceiros implementadores para apoiar a realização de ações que visam melhorar a vida de crianças e adolescentes nos municípios. Ao longo de quatro anos, as gestões municipais terão acesso a formações, conteúdos programáticos, acompanhamento de seus indicadores e de planos de ação.

Nesta edição, o suporte técnico ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 para reduzir o impacto na vida de meninas, meninos e suas famílias será uma prioridade. “O município tem um papel essencial na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. É no município que as crianças nascem, crescem e se desenvolvem e as políticas públicas se tornam realidade, trazendo mudanças concretas na vida dessas meninas e meninos. Por isso, é fundamental um esforço amplo e conjunto com foco nesses territórios. É esse o compromisso do UNICEF e das nove instituições que estão conosco na nova edição do Selo UNICEF”, ressalta a Representante do UNICEF no Brasil, Florence Bauer.

A realização de mais uma edição do Selo UNICEF acontece por meio de um compromisso conjunto de 9 instituições nacionais e regionais, que se unem ao UNICEF pela garantia dos direitos de mais de 20 milhões de meninas e meninos:

  • Consórcio Interestadual da Amazônia Legal;
  • Consórcio Nordeste;
  • Associação Brasileira de Municípios (ABM);
  • União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime);
  • Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas);
  • Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems);
  • Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conas);
  • Confederação Nacional de Municípios (CNM);
  • Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Cada instituição apoiará os municípios no desenvolvimento e na implementação de políticas públicas em diferentes áreas essenciais à vida das crianças e dos adolescentes. A metodologia do Selo UNICEF inclui o monitoramento de indicadores sociais e a implementação de ações que ajudem o município a cumprir a Convenção sobre os Direitos da Criança, que no Brasil é refletida no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A implementação do Selo UNICEF junto aos municípios dos 18 estados de Amazônia e Semiárido conta ainda com parceria técnica de 6 organizações:

  • Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Ceará (APDMCE)
  • Associação de Defesa da Saúde Sexual, Saúde Reprodutiva, Educação e Cidadania (Asserte)
  • Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC)
  • Instituto Formação
  • Instituto Peabiru
  • Visão Mundial

Sobre o UNICEF 
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos. Acompanhe nossas ações em unicef.org.br e no FacebookTwitterInstagramYouTube e LinkedIn.