logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

Produção de grãos é destaque em Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos

10 de Abril de 2018

Produtores rurais dos municípios de Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra participaram, nesta sexta-feira (6), na Fazenda São Jorge, Ramal de Água Fria, no município de Mojuí dos Campos, da abertura da colheita de soja e do início do plantio de milho Safrinha do Baixo Amazonas.

Realizado pelo Sindicato Rural de Santarém (Sirsan), Prefeitura de Mojuí dos Campos, Belterra e Santarém, órgãos ligados à produção rural do Governo do Estado, além da iniciativa privada e instituições de fomento ao crédito, o evento destaca o trabalho dos agricultores na produção de grãos.

A previsão da safra para 2018, segundo o Sirsan, é de 50 a 60 sacas de soja por hectare. Segundo o vice-presidente da entidade, Eduardo Delgado, nada mais justo que coroar todo um trabalho. “O agricultor passa o ano todo preparando a terra e hoje estamos aqui pra comemorar o início da colheita, e já iniciando um novo desafio para o restante da temporada que é o plantio do milho safrinha, atividade contínua da agricultura”, diz.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o milho safrinha é definido como o milho de sequeiro cultivado extemporaneamente, entre os meses de janeiro a abril, quase sempre depois da soja precoce.

O prefeito de Mojuí dos Campos, Jailson Alves da Costa, ressaltou o apoio recebido tanto pelos trabalhadores da agricultura familiar, quanto pelos que atuam no agronegócio e recebem de instituições de fomento ao crédito, do Governo do Estado, através de seus órgãos ligados à produção rural, e de demais parceiros.

“É uma felicidade para o nosso município e também aos que compõem a região metropolitana (composta pelo municípios de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos) receber esse evento. A iniciativa privada está prestigiando, as instituições bancárias, entre outros. Vale ressaltar que da área de 70 mil hectares plantados nos três municípios, 60% está em Mojuí dos Campos. Então nós temos que ter um olhar mais atento aos nossos agricultores”, reitera o prefeito.

Presente ao evento, o secretário regional de Governo do Baixo Amazonas, Olavo das Neves, esteve acompanhado do coordenador de Desenvolvimento e Incentivo à Produção, Gustavo Hamoy. Olavo afirmou que o Estado busca fortalecer a integração, a partir de uma visão coletiva de produção.

“Fica mais fácil quando a gente trabalha em termos coletivos. Quando a gente não enxerga, estamos sujeitos a pagar um preço alto. Por isso é importante o fortalecimento do Sindicato Rural, por meio da união entre o setor rural, o setor comercial, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e outros setores. Dentro dessa construção de demandas qualificadas, o Centro de Governo do Baixo Amazonas está à disposição de todos”, pondera.

Por Samuel Alvarenga