logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

MUNICÍPIOS DO XINGU RECEBEM MÁSCARAS E TESTES RÁPIDOS PARA DETECÇÃO DE CORONAVÍRUS

18 de maio de 2020

A 10ª Regional da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em Altamira, recebeu da Norte Energia 2,8 mil testes rápidos para detecção de covid-19 e 9,5 mil máscaras de proteção contra o novo coronavírus nesta quinta-feira (14). Esta é a terceira ação de doação que a companhia realiza para a região de integração do Xingu, em parceria com o Governo do Pará. A empresa é responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte.

“Essas máscaras e testes rápidos serão fornecidos aos municípios para atendimento e aos profissionais de saúde. O quantitativo considerará a necessidade de cada secretaria municipal para distribuição e orientação para a população. Já é a terceira etapa de entregas de material que recebemos desse apoio junto a Norte Energia, tendo em vista o compromisso firmado com o Governo do Estado do Pará”, informou Maurício Nascimento diretor do 10º Centro Regional de Saúde da Sespa. 

Os municípios que fazem parte da regional são Altamira, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Anapu, Pacajá, Vitória do Xingu, Senador José Porfírio e Porto de Moz. A Norte Energia já doou equipamentos de proteção individual, testes rápidos e em breve disponibilizará 10 leitos de UTI estruturados com respiradores, bombas de infusão e equipamentos adequados.

A estrutura será montada no Hospital Regional e a parceria prevê além de aquisição de equipamentos, o custeio de profissionais de saúde. “Isso é um avanço aqui para nossa cidade de Altamira e para os municípios da região da Transamazônica e Xingu. O prazo estava previsto para junho e julho, mas protocolamos ontem pedido com um pouco mais de urgência, devido o aumento dos casos de Covid-19 na região do Xingu e tivemos uma resposta positiva aqui do superintendente junto aos fornecedores para dar uma prioridade no tema”, afirmou Maurício. 

Fonte: Agência Pará, por Dayane Baía (SECOM)