logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

FUNASA TORNA PÚBLICO EDITAL DE CHAMAMENTO PARA AÇÕES DE APOIO À CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

20 de setembro de 2021
Edital de chamamento pode custear despesas entre R$ 100 mil e R$ 600 mil para aquisição de equipamentos e veículos

A AMUT informa que foi publicado no dia 14/9, o edital de chamamento nº 001/2021 para apresentação de propostas de “Implementação de Projetos de Coleta e Reciclagem de Materiais”. A convocação, direcionada às cooperativas e às associações de catadores de materiais recicláveis, faz parte do programa de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e busca apoiar financeiramente atividades de coleta e processamento de materiais recicláveis.

No documento, foram estabelecidas as diretrizes para repasses de recursos, definindo como valor mínimo de R$ 100 mil e máximo de R$ 600 mil, que podem custear a aquisição e instalação de equipamentos para operacionalização das unidades de triagem e obras de adequações físicas necessárias para instalação. Também serão passíveis de financiamento a compra de caminhões e veículos utilizados para coleta e transporte de materiais recicláveis.

Para participar, não será exigida contrapartida, mas a associação deverá estar cadastrada, deve inserir os anexos e o projeto na Plataforma +Brasil. No processo, será permitido apresentar apenas uma proposta e, caso seja enviada mais de uma, será considerada apenas a última.

Os envios estão disponíveis até o dia 15/10 e os resultados preliminares serão divulgados entre os dias 29/10 e 1/11, podendo ser prorrogado por mais 30 dias. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (61) 3314-6586 ou pelo e-mail catadores@funasa.gov.br.

Clique aqui para a integra do edital.

Clique aqui para ler o extrato do edital.

Clique aqui para baixar o anexo I.

Clique aqui para baixar o anexo II.

Clique aqui para baixar o anexo III.

Clique aqui para baixar o anexo IV.

Clique aqui para acessar a Plataforma +Brasil.

Fonte: FUNASA

Foto: Mauro Almeida/Funasa