logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

FNDE ABRE CONSULTA PÚBLICA SOBRE LANCHAS ESCOLARES

11 de agosto de 2020

Interessados podem enviar críticas e sugestões sobre as especificações técnicas das embarcações até 21 de agosto

 O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) abriu consulta pública nesta segunda-feira, 10, para receber críticas e sugestões sobre as especificações técnicas preliminares das futuras lanchas do programa Caminho da Escola.

“A consulta pública é uma etapa essencial do processo de compras governamentais. É o momento de ouvir o setor produtivo e aprimorar as especificações, de modo a garantir a segurança e o conforto dos estudantes no caminho para a escola”, afirma o presidente do FNDE, Marcelo Ponte.

 

O caderno de especificações técnicas prevê três modelos de lanchas escolares – pequena, média e grande –, com capacidades para 10, 20 e 29 passageiros sentados, além do tripulante. Todas as embarcações devem ser equipadas com rampa articulada na proa para embarque e desembarque de estudantes com deficiência ou mobilidade reduzida. Precisa haver ainda coletes salva-vidas para todos os passageiros e o tripulante. Confira o caderno completo de especificações.

 

CAMINHO DA ESCOLA

Criado em 2007, o Caminho da Escola tem o objetivo de renovar, padronizar e ampliar a frota de veículos escolares de municípios, estados e do Distrito Federal, garantindo segurança e qualidade no transporte de estudantes da educação básica pública. Coordenado pelo FNDE, o programa oferece veículos escolares (ônibus, lanchas e bicicletas) fabricados especialmente para o tráfego em áreas rurais e ribeirinhas.

 

As críticas e sugestões deverão ser enviadas para o endereço eletrônico dpcon@fnde.gov.br até o dia 21 de agosto.

 

Os resultados serão publicados na página do FNDE, em Consultas Públicas.

 

Para acessar as especificações técnicas clique nos links abaixo:

Especificações Técnicas Preliminares – Lanchas Escolares

Extrato de publicação do Aviso de Consulta Pública – D.O.U.

 

Fonte:  FNDE