logo

Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará

ADESÕES PARA PLANO NACIONAL DE FORTALECIMENTO DAS RESIDÊNCIAS NA REGIÃO NORTE TERMINAM NESTA QUARTA (22)

22 de setembro de 2021

As Secretarias estaduais e municipais da região Norte têm até quarta-feira (22) para aderir ao edital sobre ações de apoio técnico, pedagógico e administrativo para a criação, reativação ou reestruturação de programas de residência. A região registra as menores taxas de médicos por habitantes no país: 1,27 médicos para cada mil habitantes. A adesão ao edital pode ser feita por meio do preenchimento de Formulário Eletrônico disponível no Portal Registra-RH Saúde. Um dos objetivos das ações é melhorar a distribuição de programas de formação de especialistas e de profissionais de saúde em áreas com menor cobertura – como é o caso do Norte do país.

Link edital aqui.

Link formulário aqui.

O edital faz parte do desenvolvimento do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde. A ação reflete o compromisso com as diretrizes e princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) para a ordenação dos recursos humanos na prestação de serviços de assistência à saúde da população.

Ampliação de oferta de bolsas

Na última semana, a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Sgtes) do Ministério da Saúde promoveu um seminário on-line para sanar dúvidas sobre o edital de chamamento.

O encontro virtual reuniu gestores da região Norte, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Também participaram membros da Universidade Federal de Goiás (UFG) e da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

“O programa vai contribuir para a ampliação na oferta de especialistas e a fixação de profissionais em regiões com vazios assistenciais”, destacou a técnica do Departamento de Gestão do Trabalho em Saúde Alessandra Rodrigues Moreira.

Fonte: Conasems